Criação de site: 16 erros para não cometer

A criação de site profissional é uma etapa muito importante do marketing digital. O website ainda é o principal canal de uma empresa na internet. Por isso, desenvolvedores/as, designers e outros/as profissionais envolvidos/as no projeto precisam saber como criar um site com atenção aos mínimos detalhes.

A formação da presença digital de uma marca que está se estabelecendo no universo online depende da criação de site, o principal canal institucional dos negócios na web. 

Embora, atualmente, muitas empresas estejam dando bastante atenção aos perfis nas redes sociais, como Facebook e Instagram, a criação de site ainda aparece como a melhor forma de posicionamento digital. 

O desenvolvimento de um site profissional transmite credibilidade para a marca na internet e é essencial para que o público conheça todas as informações importantes sobre a empresa.

Podemos dizer que, com a criação de site, é possível transmitir a essência, a cultura, os valores e o posicionamento das marcas, reforçando como cada empresa se coloca no mercado.

Com diversas ferramentas disponíveis, a criação de site passou a ser uma tarefa muito mais fácil do que era antigamente. Existem várias ferramentas prontas e templates padronizados que permitem que, em poucas horas, você tenha o seu próprio site na internet.

Porém, este está longe de ser o caminho mais adequado para a criação de site para fins realmente profissionais, pois existem diversos conhecimentos técnicos que devem ser aplicados com foco em layout, segurança, usabilidade, funcionalidade e marketing digital.

Se você é desenvolvedor/a de sites, saiba que é fundamental evitar desde os erros básicos até os mais complexos na criação das páginas. É importante ter um olhar profissional apurado e tecnologia de ponta para garantir que essa ferramenta de comunicação atinja seus resultados. 

Saiba a importância da criação de site profissional

A criação de site para fins profissionais é essencial para empresas que querem triunfar no mercado online. O site pode ser usado para diversas finalidades e, por isso, é muito importante. Veja algumas delas:

  • realização de vendas na internet;
  • conhecimento dos produtos e serviços por parte dos/as clientes;
  • visualização da história da empresa, bem como missão, visão e valores pelo público;
  • criação de um canal de relacionamento com os/as clientes por chat, e-mail, blog, entre outras ferramentas;
  • suporte necessário em caso de dúvidas, com uma FAQ, por exemplo;
  • atração de pessoas para o ponto físico;
  • profissionalismo e integração com a realidade atual, em que os/as consumidores/as estão conectados/as à internet.

O constrangimento para uma empresa que não tem um site, além do desperdício de oportunidades, é imenso. Não ter um site significa, em muitos casos, adotar uma postura “amadora” frente ao mercado que, cada vez mais, está digitalizado ou híbrido.

Por exemplo: é cada vez mais comum os/as clientes entrarem no site da empresa antes mesmo de seguirem até o ponto de venda físico para fazer uma compra. Neste caso, o site serve para checagem ― e é uma etapa que antecede a conversão.  

Conheça os 16 principais erros na criação de site

O que acontece com as empresas que não têm este canal? Elas perdem a chance de gerar negócios com este público que tem um novo perfil e comportamento, que se caracteriza por estar conectado à internet e valorizar a presença digital.

Por isso, a criação de site tem que ser muito cuidadosa e é essencial evitar diversos tipos de erros, como você verá a seguir!

1. Trocar um site por uma rede social

Vou reforçar este ponto, pois acho muito importante: não ter um site é o maior erro que uma empresa pode cometer. Achar que o Google Meu Negócio, um perfil no Instagram ou uma fanpage no Facebook substitui o site é muito amadorismo. Não cometa este erro se você é empresário/a.

2. Criar sites lentos

Atualmente, ninguém tem tempo para perder com sites que demoram para abrir. Se o carregamento das páginas do site demora muito, o usuário simplesmente desiste da tentativa e parte para outro endereço virtual.

Por isso, um dos principais erros na criação de site é elaborar sites pesados, que demoram para carregar ou que estejam usando uma tecnologia ultrapassada.

Em muitos casos, os sites lentos podem ser complexos e atualizados, mas que estão em um plano de hospedagem que não equivale ao seu número de visitantes ou à/ao quantidade/tamanho de seus conteúdos, por exemplo.

3. Sites que não são seguros

Um dos principais erros a serem evitados na criação de site está no fato de a página apresentar a mensagem: “este site não é seguro”. 

Além de afastar o usuário, principalmente de compras online, isso afeta a reputação da empresa e pode deixar o site lento também.

4. Sites administrados de forma amadora

Muitas vezes, as empresas encomendam a criação de site profissional. Porém, delegam a manutenção do site para alguém que não é especialista e que acaba postando vídeos, imagens e conteúdos inadequados, com temas incorretos ou vários plugins, por exemplo.

5. Não ter uma boa hospedagem de site

O site precisa estar hospedado em uma empresa de hospedagem especializada, que tenha diversas ferramentas e recursos de ponta, com suporte técnico disponível sempre que você precisar e com tecnologia suficiente para sua empresa poder crescer no ambiente digital.

6. Não ter um site responsivo

Atualmente, a criação de site está sendo elaborada primeiramente com foco em um conceito conhecido como “mobile first”. Ou seja, um site é criado especialmente para dispositivos móveis, como smartphones, que têm telas menores.

Depois, ele é adaptado para dispositivos maiores, como notebooks e desktops. Um dos maiores erros na criação de site é focar em um site para telas grandes, como notebooks, e não ter uma versão responsiva e otimizada para funcionar pelo celular.

7. Não ter um site com foco em Marketing Digital

Não basta investir na criação de site para dizer que tem presença digital. Na verdade, o site da sua empresa deve fazer parte de uma estratégia de marketing digital maior, mais completa e planejada.

Entre os cuidados que devem ser tomados estão o Marketing de Atração, Marketing de Conteúdo e integração com as redes sociais, por exemplo. 

O site ainda permite ter canais diretos de comunicação com o cliente, como chatbot ou blog. 

8. Site com aparência pouco profissional

Sabemos que nem todas as empresas têm condições de contratar a criação de site em uma agência de marketing digital.

Porém, essa não é uma justificativa aceitável para ter um site com aparência amadora. Existem vários templates que são lindos e que podem ser adaptados para sua empresa, desde que tenham um layout clean e que sigam as regras básicas de design para site.

Entre os principais erros vinculados à criação de site com relação ao layout e aparência estão: desenvolver um site pouco ou nada intuitivo e não ter uma padronização entre os elementos, como os seguintes:

  • menu;
  • botões;
  • cores;
  • logomarca;
  • posição do conteúdo e outros recursos;
  • imagens;
  • fonte dos textos.

Ou seja, seu site precisa ser bonito, já que ele é a versão online da sua empresa. 

9. Não ter um objetivo para a criação de site

A criação de site precisa ter um objetivo bem definido, entre os quais estão os seguintes:

  • criar uma loja virtual;
  • criar um site para apresentar os produtos e serviços;
  • criar um site institucional para mostrar a empresa;
  • gerar leads e atrair contatos pelo site;
  • oferecer material pelo site para educar o público;
  • ter um site que ajude as pessoas a encontrarem com mais facilidade sua loja física;
  • mostrar depoimentos de clientes satisfeitos/as;
  • passar a atender clientes de outras regiões do estado ou do país.

A criação de site com essas finalidades está envolvida também com a determinação da sua persona, do seu endereço na internet e de como as páginas ficarão organizadas dentro do site.

Não ter uma meta clara para a sua presença digital é um grande erro que precisa ser evitado.

10. Não ter um site completo 

A criação de site é feita com base em uma estrutura na qual as páginas são nomeadas conforme o objetivo de cada cliente. Em geral, os sites têm as seguintes seções:

  • home;
  • quem somos;
  • produtos/serviços;
  • blog;
  • portfólio;
  • contato.

11. Usar conteúdo com pouca qualidade na criação de site 

O conteúdo na criação de site, ou seja, o que o seu canal vai apresentar para o público na internet é muito importante. Por isso, é preciso tomar cuidado com SEO, storytelling, tamanho dos conteúdos, linguagem, gramática e ortografia e a maneira de se comunicar.

Não usar conteúdo original também é um erro grave. Muitas empresas ainda insistem em copiar trechos de concorrentes na internet, e isso gera duplicidade e até punição dos buscadores. 

Não pesquisar no Google Trends as tendências para a sua área e não publicar sobre isso na internet também pode ser um grande erro. Além disso, os formatos de conteúdo devem combinar com o interesse da sua audiência. Por exemplo: seus visitantes podem querer a integração de textos e vídeos.

12. Não cuidar do SEO para site

A boa criação de site vai depender do uso correto do SEO para que sua empresa se destaque nos buscadores da internet.

Neste caso, é importante contar com algumas ferramentas, como o Yoast para WordPress, que auxilia na otimização de todos os conteúdos que serão publicados no seu portal.

Para isso, seu material terá que focar em algumas palavras-chave. Em muitos casos, é necessário contar com o suporte de um/a analista de SEO e um/a profissional de marketing de conteúdo para a criação de material otimizado para os mecanismos de busca, como o Google.

13. Não ter o Google Analytics 

O Google Analytics é uma ferramenta que entrega um verdadeiro “Raio-X” de tudo o que está acontecendo com o seu site na internet, como número de visitantes, origem dos visitantes, páginas mais acessadas, entre outros dados importantes.

Trabalhar na criação de site e não programar o Google Analytics é um erro grave. Tome este cuidado!

14. Não investir em atualização e usabilidade

Por incrível que pareça, o mais comum é ver o quanto as empresas ficam dedicadas durante a criação de sites e, depois que eles estão na internet, praticamente se tornam páginas abandonadas. 

O site precisa de atualização de conteúdo, atualização de tecnologia para se manter seguro e compatível com todos os navegadores, bem como estar em conformidade com as recomendações e os novos padrões da internet, como o SSL.

Um dos principais erros é ver que sites estão com links que quebraram e não levam a lugar nenhum. Por isso, é necessário fazer ajustes periódicos para se manter a eficiência e a boa usabilidade.

15. Ter um site repleto de banners e publicidade 

A UX (Experiência do Usuário) fica totalmente comprometida quando o site não é agradável e tem muitos banners e publicidades. Isso faz com que a página comece a perder acessos, pois se torna difícil e incômoda para navegar. Tome cuidado para que seu site não fique assim!

16. Ter um domínio difícil 

O domínio é o endereço que as pessoas precisam digitar para encontrar seu site na internet, ou seja, é aquilo que colocamos na barra de endereços do navegador. O domínio precisa ser registrado e deve estar vinculado à atuação da sua empresa. 

No momento de fazer o registro do domínio, é essencial escolher um endereço fácil de ser digitado e memorizado pelas pessoas. De preferência, o domínio deve ser curto, com o nome ou palavra-chave que represente o seu negócio e sem hífen, números e termos de difícil digitação. 

Para mais aprendizados sobre desenvolvimento de sites, conheça o Gama Station! Um aplicativo que reúne conhecimento teórico a atividades práticas e desafios para que você saiba tudo sobre o mercado digital!

twitterfacebooklinkedinyoutube-playinstagram