Metodologias ágeis: principais tipos e como aplicar em seus projetos

O avanço da tecnologia e a intensificação da competitividade entre os negócios trouxeram a necessidade de inovar nos processos de desenvolvimento de soluções, aplicações, produtos e serviços.

Afinal, quem chega primeiro ao mercado com uma novidade tem mais chances de sucesso. 

Diante dessa nova realidade, surgiram as chamadas metodologias ágeis, criadas para acelerar o processo de desenvolvimento de softwares e aplicações.

Equipes que implementam essas metodologias têm mais chances de conquistarem uma posição de destaque no mercado. 

O desenvolvimento ágil permite que as empresas atinjam seus objetivos mais rapidamente, além de garantir mais assertividade e eficiência para a execução de projetos.

Neste conteúdo, você vai saber o que são as metodologias ágeis e como elas podem ser aplicadas para melhorar a performance do seu time!

O que são metodologias ágeis?

Metodologias ágeis são métodos inteligentes de desenvolvimento de soluções.

Elas promovem um aprimoramento das etapas e processos de uma equipe durante a implementação de um novo projeto, garantindo que o tempo de conclusão dos trabalhos seja otimizado e que todas as ações sejam realizadas de acordo com as metas estipuladas. 

O princípio básico das metodologias ágeis é simplificar os processos e as formas como os projetos são colocados em prática. Isso significa deixar de lado metodologias ultrapassadas e tradicionais, que são repletas de burocracias e têm processos longos, ineficientes ou, muitas vezes, confusos. 

As metodologias ágeis têm etapas e processos realizados em períodos de tempo mais curtos, com melhoria contínua das atividades e a garantia de mais flexibilidade para que cada membro da equipe desenvolva o seu trabalho da melhor maneira possível. 

De uma forma geral, as metodologias ágeis são baseadas em: comunicações e interações ricas entre a equipe, processos práticos e eficientes, colaboração, alinhamento de expectativas, flexibilidade e adaptabilidade.

Outro ponto característico de uma metodologia ágil é a necessidade da realização constante de testes. 

As metodologias ágeis são intrínsecas à era da tecnologia da informação. Elas surgiram para sanar alguns problemas comuns que as equipes de desenvolvimento de softwares enfrentavam, como, por exemplo, a falta de alinhamento entre profissionais e clientes e a adoção de etapas de produção que não garantiam entregas com previsibilidade e que tomavam muito tempo.

Quais são as principais metodologias ágeis?

As metodologias ágeis permitem que a gestão de projetos seja realizada com ciclos curtos e entregas mais rápidas. Em geral, essas abordagens são adotadas por equipes pequenas, multidisciplinares e autogerenciáveis. O trabalho é realizado para assegurar a qualidade dos projetos. 

As principais metodologias ágeis, também chamadas de frameworks ágeis, usadas pelas empresas na atualidade são: Scrum, Lean, Smart, Scaled Agile Framework (SAFe) e Kanban.

Veja como cada uma funciona e os principais pontos que precisam ser implementados. 

Scrum – Ideal para projetos que possuem um prazo mais curto para finalização, principalmente para o desenvolvimento de soluções inovadoras.

O Scrum apresenta ciclos de desenvolvimento, chamados de sprints. Eles determinam o tempo disponível para o desenvolvimento de cada fase do projeto. Cada etapa conta com uma fase de revisão e validação. 

Lean – Esse framework ágil é muito usado em startups e consiste em evitar desperdícios durante o desenvolvimento de um projeto. Garante redução de custos, entregas mais produtivas, comunicação mais fluida e menos complexidade nas etapas.

É ideal para validar hipóteses e ideias e possui três etapas: construir, medir e aprender. 

Smart – Essa metodologia é ideal para a criação de objetivos. Os princípios dessa abordagem são: S (Specific) ter uma meta específica, M (Measurable) trabalhar com uma meta mensurável, A (Attainable) ter metas desafiadoras, R (Relevant) trabalhar com objetivos relevantes, T (Time-related) ter um prazo para atingir os objetivos. 

Scaled Agile Framework (SAFe) – É um framework ágil de desenvolvimento que é muito utilizado em projetos de softwares. Em tradução literal, significa Estrutura Ágil Escalonada, que pode ser dividida em três princípios: time, programa e portfólio.

É usado desde 2011 e garante produtos de mais qualidade e mapeamento de todas as etapas e responsabilidades durante a fase de desenvolvimento de um software. 

Kanban – É um método bem popular, baseado no uso de check-lists. Garante uma visão abrangente do projeto e pode ser usado por qualquer tipo e segmento de negócio. É uma metodologia bastante visual, que mostra a evolução do projeto.

É baseado em três etapas: To do (o que precisa ser feito), Doing (o que está em execução) e Done (atividades finalizadas e aprovadas). 

Vantagens de usar metodologias ágeis 

Existem muitas vantagens em usar as metodologias ágeis. Em primeiro lugar, elas aumentam a velocidade das entregas e facilitam a correção de falhas. 

Além disso, a produtividade também é aprimorada e a qualidade dos projetos também aumenta de forma significativa. Como essas abordagens preveem uma proximidade maior entre empresa e cliente, os projetos são mais facilmente personalizados. 

Outras vantagens dos frameworks ágeis são: 

  • Redução de riscos;
  • Mais flexibilidade;
  • Mais economia;
  • Mais colaboração e comunicação entre os times; 
  • Feedback contínuo;
  • Entregas mais assertivas; 
  • Clientes mais satisfeitos. 

Como implementar

Para implementar as metodologias ágeis na sua empresa, você precisa realizar uma análise completa do negócio, mapear os processos em uso e determinar quais são os pontos positivos e negativos de todas as etapas de trabalho. 

Isso pode ser feito com a realização de uma análise SWOT - Forças (Strenghts), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats). 

Em seguida, é necessário traçar um planejamento estratégico e um diagnóstico que contribua para a definição do melhor framework ágil para a empresa. 

Conclusão 

O desenvolvimento ágil é uma prática utilizada pelas principais empresas de tecnologia do mercado. Com uma dose de personalização e um planejamento bem feito, esse tipo de metodologia pode ser implementado em qualquer empresa. 

Os frameworks ágeis reduzem os erros e permitem que os negócios evoluam em uma escala muito positiva e muito mais rápida.

O nível de satisfação dos clientes com as entregas também melhora bastante. Vale a pena experimentar esse tipo de abordagem na sua empresa. 

Para saber mais sobre a área de tecnologia e programação, leia agora o nosso artigo sobre os 16 erros que você não deve cometer na criação de sites! Até a próxima!

twitterfacebooklinkedinyoutube-playinstagram