Python para iniciantes: esclareça suas dúvidas

Aprender uma nova linguagem de programação vai exigir um pouco de você e o Python não é diferente.

Na verdade, pode ser que você se divirta quando estiver trabalhando com seus primeiros códigos nessa linguagem extremamente versátil que é a Python.

Primeiramente, é importante dizer que a linguagem Python é ótima para aplicações de análise de dados, para Machine Learning e Inteligência Artificial. 

Com Kivy e Pybee, por exemplo, é possível usar a Python para a elaboração de aplicativos. No entanto, se você usar WxPython e Tkinter, a Python também pode ser muito útil para a construção de sistemas para desktop.

Já para sistemas web, você pode usar Pyramid, Flask e Django. Viu só como a Python abre um mundo repleto de oportunidades para os/as desenvolvedores/as?

Não é à toa que o mercado digital está com diversas oportunidades para quem gosta dessa linguagem e tem um bom domínio e conhecimento sobre ela. 

E se você ainda está se perguntando por que se dedicar a um curso de Python é importante, a resposta é simples: essa linguagem está em 4° lugar entre as mais usadas pelos/as programadores/as mundialmente, segundo pesquisa da Stack Overflow Developer Survey 2020.

Agora, separamos os conceitos principais sobre Python que você deve saber:

  • Python é uma linguagem direcionada a objetos e utiliza recurso em script;
  • Tem tipagem dinâmica;
  • É uma linguagem parecida com Ruby, por exemplo, que é de alto nível e tem uma sintaxe mais próxima da nossa realidade.

Isso faz com que a Python seja uma linguagem mais agradável e fácil de aprender.

Python para iniciantes: ferramentas que você precisa conhecer

Já que você está envolvido/a e interessado/a na Python para iniciantes, antes mesmo de avançar para as ferramentas importantes, é bom dar uma olhada no material extenso que há nos sites python.org e python.org.br.

Nessas páginas você pode, inclusive, aprender sobre as origens dessa linguagem de programação.

Com um software específico para Python e um IDE (Ambiente de Desenvolvimento Integrado) que contenha as ferramentas essenciais para você escrever e testar um código, o aprendizado se tornará muito mais dinâmico.

O IDE tem o código-fonte com preenchimento automático e recursos visuais que ajudam muito quando você estiver programando. Além disso, tem automação de compilação local, um sistema de “debugger” para ajudar a encontrar os bugs, melhora a produtividade, padronizar o código e ajustar as configurações.

Veja agora algumas ferramentas ótimas que separamos para você conhecer!

IDLE Python IDE

Essa é uma das ferramentas mais conhecidas pelos/as desenvolvedores/as em Python. Por causa da sua simplicidade, é um IDE perfeito para cursos de Python para iniciantes ou programadores/as que estão se empenhando sozinhos/as nessa jornada de aprendizado.

Ela tem diversos recursos básicos, como visibilidade da planilha de chamadas, janela de depurador integrado com revisão, janela de sintaxe e o editor de texto, entre outros. Você pode acessá-la aqui.

É ideal para a execução, modificação e criação em Python, especialmente por ser 100% nessa linguagem, com uma proposta perfeita para quem está digitando os primeiros códigos.

Spyder 2

O Spyder 2 é um IDE para Python que foi criado em Open Source, para atender programações voltadas para Linux, Windows e Mac OS.

Além das funções e recursos básicos, tem uma ampla biblioteca e vai ajudar bastante no seu aprendizado, tais como Scipy, IPython e Numpy.

Um dos diferenciais da ferramenta é o preenchimento automático, que oferece bastante praticidade para o dia a dia. Além de ser gratuita, uma das vantagens está no fato de ela ser voltada para Data Science.

Sempre que pintar alguma dúvida, o Spyder 2 tem uma barra de pesquisa que pode te ajudar bastante.

Pype para Python

Segue mais uma opção de ferramenta indicada para quem está envolvido/a com Python para iniciantes e deseja desenvolver as habilidades de forma gradual.

Essa é uma ferramenta rica, com diversos recursos. Também é muito leve e funcional, perfeita para iniciantes que estão em busca de uma ferramenta multiplataforma. Você pode conferi-la neste link.

Jupyter

Se você está estudando Python para iniciantes porque gosta de Ciência de Dados, vai adorar as funções da Jupyter.

A ferramenta é perfeita para programadores/as que usam um grande volume de dados no dia a dia e que querem um IDE para Python com interface bem intuitiva.

Além disso, a ferramenta tem recursos para você realizar ótimas apresentações e demonstrações de maneira bem simples. Em projetos educacionais e de instrução em geral, a Jupyter oferece diversas integrações, entre elas com HTML.

Há outras vantagens também, como, por exemplo, exportar o trabalho em PDF e usar bibliotecas como Matplotlib.

Comunidades de desenvolvedores de Python para iniciantes

Já até citamos algumas comunidades que são interessantes para você trocar informações a respeito de Python para iniciantes, conhecer pessoas com o mesmo perfil e interesse que você, tirar dúvidas e obter ajuda. Mas existem outras bem interessantes para você começar a aprender.

A Python Brasil é uma das comunidades mais conhecidas entre os/as programadores/as. Para os/as iniciantes, é bem legal entrar na parte de “impressione-se”, uma área do site que foi muito bem bolada pelos/as Devs para mostrar o quanto a Python está presente no seu dia a dia.

A página tem um ranking dos estados e cidades mais “Pythônicos”, e São Paulo está na liderança, tanto como cidade quanto como estado brasileiro. 

Tem muita informação para você explorar, entre elas diversas empresas que usam Python, em um universo novo nas comunidades. É simplesmente imperdível para quem quer ser programador/a!

O GitHub também tem uma comunidade de Python Brasil muito legal, vale à pena você conferir. E seguem ainda duas outras bem interessantes: a PyLadies e a Python Club!

Dicas especiais de Python para iniciantes

Mantenha-se sempre informado sobre Python: É muito importante sempre estar em contato com informações a respeito da linguagem de programação, e isso pode ser feito lendo blogs iguais ao nosso e também os conteúdos das comunidades de Python.

Faça amizades, frequente grupos e eventos online que são realizados para falar de Python e de linguagem de programação. Mergulhe de cabeça neste mundo, sinta-se parte dele e interaja com as pessoas.

No site Python Software Foundation, uma fundação voltada para Python, você vai aprender bastante também. Lá tem tutoriais e um guia prático de Python para iniciantes.

Aprenda a programar na prática: Depois de consumir todas essas informações, é hora de colocar a mão na massa, já que o melhor jeito de aprender uma linguagem de programação é programando para valer.

Para isso, instale Python no seu PC, utilize ferramentas para programação como as que sugerimos acima ou até mesmo uma outra, como a ferramenta do Google, chamada Notebook Colaboratory.

Nela, você vai poder compartilhar códigos interativos e programar na nuvem, sem ter que fazer nenhum tipo de download.

twitterfacebooklinkedinyoutube-playinstagram