5 técnicas de Growth Hacking para investir

Hoje em dia, as empresas precisam pensar em novas formas de crescer e ganhar espaço no mercado digital. É para isso que servem as técnicas de Growth Hacking: uma maneira inovadora de pensar em estratégias de crescimento de um negócio com base em dados e tecnologia. 

O Growth Hacking identifica brechas, pontos críticos da empresa e oportunidades de crescimento. É a partir de leads, tráfego e vendas que os dados são obtidos e analisados, levando em conta inicialmente uma hipótese sobre a razão do movimento observado e conferindo, a cada etapa, se a hipótese está sendo confirmada. 

São realizados vários testes para saber isso, até chegar a um resultado que tenha dados suficientes para elaborar um diagnóstico mais consistente e rico. Você pode, por exemplo, perceber que é preciso acelerar as etapas de venda, aprimorar um produto/serviço ou ainda aumentar a chegada de leads. 

É por isso que o Growth Hacking é tão interessante, já que mira exatamente nos seus objetivos, detectando em detalhes o que pode ou deve ser aprimorado para a sua empresa ter sucesso. Veja a seguir as 5 melhores técnicas de Growth Hacking que devem ser utilizadas para isso! 

1. Colete feedbacks

Sempre que você for lançar um produto ou uma estratégia, colete o feedback dos/as seus/suas clientes. Assim, você saberá exatamente o que os/as agrada e o que não os/as agrada de forma mais esclarecida. 

Além disso, seus/suas clientes são as melhores pessoas para te dizerem o que pode ser melhorado no seu processo de venda, ou até mesmo como aprimorar a comunicação. Sempre realize pesquisas e avaliações para ter atualizações constantes sobre o que pode ser aperfeiçoado em cada caso.

Muitas vezes, é mais vantajoso para a empresa focar em melhorar o atendimento dos/as clientes que já tem do que gastar com novos leads. Uma estratégia que busque aprimorar a experiência do consumidor com dados reais pode ser exatamente o que a sua empresa precisa.

2. Faça testes A/B

Testes A/B são uma excelente forma de ver qual estratégia de marketing irá funcionar melhor para a sua empresa, por isso está na lista das melhores técnicas de Growth Hacking. Com esse tipo de método, você cria duas landing pages para públicos exatamente iguais, mas com estratégias diferentes. Assim, você consegue ver qual funciona melhor.

Muitas pessoas acham que essa é uma técnica cara, mas, na verdade, ela pode ser feita de maneira bastante orgânica e com um baixo custo. Ao aplicá-la, por exemplo, em e-mail marketing ou CTA de clique e resposta, você já consegue ver as preferências dos clientes. 

3. Invista em ferramentas

Para seu diagnóstico ser feito com qualidade, é preciso explorar bem as ferramentas de dados disponíveis. Entre elas, o Google Analytics é muito importante: você pode conferir o número de visitas nas suas plataformas, a taxa de rejeição e a aceitação do público em relação ao seu conteúdo.

A SEMrush também é uma plataforma muito popular nesse meio, pois tem funções bastante práticas. Ao usá-la, você pode ver as palavras-chaves mais relevantes, as tendências de busca e até mesmo dados de empresas concorrentes para pensar em como fazer a sua estratégia dar certo. 

O Hubspot é uma ferramenta que também consegue trazer vários recursos úteis. O software deles consegue agendar tarefas e gerenciá-las, fazendo com que os times de vendas possam otimizar seu tempo e, assim, tenham resultados melhores.

4. Documente tudo

Uma das principais técnicas de Growth Hacking é a documentação. É bastante simples, mas muito efetiva: documente tudo o que a sua empresa realizar e todos os resultados de testes! Assim, todas as avaliações e análises já serão consideradas na hora de planejar as próximas estratégias, sem perder informações importantes.

Os dados obtidos continuam tendo relevância mesmo com o tempo, e devem sempre ser consultados e revistos para entender que pontos já foram melhorados e o que ainda é possível fazer para obter um resultado completo.

O hábito de documentar tudo ajuda você não só a manter um arquivo útil do passado, mas também a perceber melhor a cada passo o que já foi resolvido e o que deve ser priorizado a cada momento, evitando improvisos excessivos e uma dose recorrente de retrabalho.

5. Faça brainstorm para aprimorar as técnicas de Growth Hacking

Fazer brainstorm é uma das técnicas mais utilizadas dentro de empresas, e realmente é muito produtiva. O brainstorm estimula a criatividade dos/as funcionários/as, fazendo com que eles/as arrisquem palpites intuitivos, pensem de forma conjunta e ainda troquem ideias sobre como fazer o crescimento da empresa acontecer.

Para isso, é também recomendável ter um grupo de colaboradores/as que sejam multidisciplinares e tenham pontos de vistas diferentes, para que, de fato, possam contribuir para a geração de avaliações mais completas. Atuando como uma estratégia de desinibição e construção coletiva, com o brainstorm você terá sempre novas ideias.

Todas as grandes empresas do mercado utilizam técnicas de Growth Hacking, pois esse método é realmente muito sofisticado e trabalha com resultados em longo prazo. O melhor dessa técnica é que ela pode ser totalmente adaptada para a sua empresa e de acordo com os seus recursos.

Com as dicas que apresentamos você já vai notar uma clara melhoria porque a sua campanha de marketing digital se tornará mais direcionada. 

Com a newsletter da Gama Academy, você tem acesso a uma série de conteúdos aprofundados sobre o mercado digital. Você fica sabendo de todas as mudanças, desafios e técnicas mais utilizadas em primeira mão e de uma maneira muito didática. Cadastre o seu email agora mesmo no campo ao lado!

twitterfacebooklinkedinyoutube-playinstagram